Inês

Inês

Apresentação do espaço

Primeiramente eu gostaria de desejar boas vindas a todos que entraram para conhecer este espaço. Ele foi pensado como mais uma ferramenta para trocarmos conhecimentos e refletirmos sobre o nosso papel na construção de uma sociedade mais justa e menos excludente.

A seção quem sou, relata um pouco de minha trajetória, com o intuito de quebrar paradigmas em relação a pessoa com deficiência, para que ela passe a ser vista como pessoa, com defeitos e qualidades, com habilidades em algumas áreas e dificuldade em outras.

A seção esporte procura mostrar as possibilidades que a pessoa com deficiência pode ter em relação a prática de atividade física, seja ela adaptada ou não, seja ela com auxílio ou individual, e que pode ser de auto rendimento ou apenas para superar os próprios limites.

A seção educação foi pensada para trazer textos, alguns escritos por mim, outros, na sua maioria, de outros autores, que contribuem para que o nosso trabalho não fique somente de forma empírica. Além disso, pretendo sugerir livros, filmes e documentários com a temática da deficiência visual, buscando sempre o ampliar de nossos olhares perante a educação especial.

A seção poemas contém as minhas poesias, sempre carregadas de rimas e reflexões.

A seçãofamília trará textos escritos por mim, com relatos de minhas vivências junto a minha família, que foi de grande importância para que eu me tornasse autônoma, e, disponibilizarei também textos de outros autores, a fim de buscar reflexões sobre o papel desta instituição que é o alicercede toda criança. Outras seções poderão aparecer durante a consolidação deste espaço, e quando isso acontecer, volto aqui para apresentá-las.

Espero que gostem deste espaço, estou aberta para sugestões e críticas construtivas.

Um grande abraço!

Inês Berlanda Seidler

Publicado recentemente

Querido pai

Querido pai

Universo

Universo

Tristeza

Tristeza

Plano da disciplina elaboração conceitual para crianças cegas

Plano de curso da disciplina de elaboração conceitual para crianças cegas

Sou

Sou

Menu do Ecolabore Portal